03
novembro
2017
Reforma do PIS / Cofins e importações

O governo se prepara para enviar ao Congresso uma proposta que altera as regras de contribuição do PIS / Cofins. A reforma busca simplificar a cobrança desses impostos, usados para pagar benefícios sociais. Importadores devem estar atentos, pois a reforma pode ter efeitos sobre as condições de importar matéria-prima.

 

A cobrança do PIS / Cofins é realizada sobre o lucro das empresas. O valor pago depende do tamanho da empresa e do tipo de contabilidade, com alíquotas que variam entre 3,65% a 9,25% do faturamento. O recolhimento do PIS / Cofins é complexo. De acordo com a equipe econômica, a reforma tornaria mais fácil esse processo.

 

A maior polêmica da reforma recai sobre o objetivo de aumentar o número de empresas que pagam a alíquota de 9,25%, a mais alta prevista pela cobrança. Para compensar, as empresas poderiam, antes de calcular o imposto, descontar os gastos com matéria-prima.

 

Para o setor industrial, a reforma pode ser vantajosa. Como indústrias adquirem muita matéria-prima, o desconto pode compensar o aumento da alíquota. Esse benefício poderia recair também sobre empresas que importam matéria-prima. O PIS / Cofins é uma das principais impostos sobre importações.

 

Apesar da possibilidade, ainda não existe garantia se o desconto pode de fato compensar o aumento da cobrança. A incerteza é típica de um cenário como o atual, de recuperação e instabilidade. Diante desse contexto, importadores devem cada vez mais investir em planejamento. Para isso, podem contar com a WM TRADING, uma empresa com ampla experiência no setor.

 

Empregamos planejamento em todas as etapas da importação: aquisição, logística, documentação. Realizamos planejamento fiscal adequado, aproveitando eventuais reduções de impostos em importações. Contamos também com amplo poder de negociação, que usamos em favor de sua empresa para obter as melhores condições de financiamento.

 

WM TRADING, qualidade e excelência em comércio exterior.

 

REFERÊNCIAS

 

null

 

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/03/projeto-do-governo-que-altera-regras-de-pis-e-cofins-vai-ao-congresso.html

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *