Nova alta do dólar: explicações e expectativas

O recente movimento de alta trouxe surpresas e incertezas. Para que suas importações continuem vantajosas, importadores precisam avaliar essa nova alta.

Depois de um período de relativa estabilidade, o câmbio volta a se desvalorizar, com o dólar alcançando valores acima de R$ 3,50. A guinada pegou muitos de surpresa. Importadores precisam estar atentos a essa movimentação: ela demanda planejamento para que as importações continuem bem sucedidas.

Entre 2016 e 2017, o dólar patinou na lateralidade, com valores entre R 3,00 e R$ 3,50. Embora não fosse baixo, era um patamar estável e previsível, que permitia planejamento. Em 2018, o dólar rompeu a barreira de R$3,35, alcançando o patamar de R$3,50.

O que aconteceu? A maior causa parece ser uma relação inversa entre os Estados Unidos e o Brasil. A teatralidade de Donald Trump e a melhora da conjuntura econômica no Brasil talvez ocultem uma informação valiosa: a situação dos EUA está melhorando, enquanto a do Brasil está piorando.

O investimento está mais atraente nos Estados Unidos. A melhora da economia estadunidense fez surgir alguma inflação, incentivando a adoção de juros mais elevados. Isso com certeza atraiu capital especulativo, que deixou os cofres brasileiros em direção aos bancos estadunidenses.

Enquanto isso, a situação no Brasil continua instável. O mercado permanece defensivo, aguardando o resultado das eleições de 2018. Reformas necessárias, como a previdenciária e a trabalhista, caminham a passos lentos. Escândalos de corrupção correm o risco de serem acobertados pela própria Justiça.

Se forem esses os efetivos fatores que geraram a alta do dólar, neste caso essa alta veio para ficar. Importadores irão precisar de planejamento. Será preciso alto poder de negociação cambial. O importador pode se beneficiar também de garantias contra a flutuação do dólar.

Tudo isso sua empresa pode encontrar com a WM TRADING. Com anos de experiência em importações, realizamos o planejamento cambial necessário às suas operações. Podemos incluir operações de hedge, para proteger seus lucros contra a oscilação no preço da moeda.

WM TRADING, qualidade e excelência em comércio exterior.