Comércio exterior brasileiro: caminho promissor

Apesar dos desafios, o comércio exterior no Brasil avança e pode avançar muito mais. WM TRADING ajuda sua empresa a se beneficiar desse cenário favorável.

O comércio exterior brasileiro alcança destaque crescente no país. Conquistas relevantes foram obtidas na área nos últimos quatro anos, ampliando a importância do setor na economia. Em 2019, com o novo paradigma político e econômico, essa importância deve crescer, para benefício de importadores e de exportadores.

O ano de 2018 foi desafiador ao comércio mundial. A guerra comercial entre EUA e China, somado aos debates sobre o Brexit, sugeriram e ainda sugerem uma volta ao protecionismo comercial. Apesar do contexto adverso, o Brasil obteve avanços expressivos na área, resultado de preparativos estratégicos na gestão anterior.

Ainda em 2016, o país realizou mudanças táticas em sua política comercial. A principal delas foi deixar as parcerias preferenciais e adotar uma estratégia global. Entre outras medidas, o país iniciou rodadas de livre comércio com países como Canadá, Coreia do Sul, Singapura, Chile. Além disso, assinou acordos com blocos consistentes como a Aliança do Pacífico.

Enquanto isso, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) lançou programas importantes. Destaque para o Portal Único do Comércio Exterior, que reduz prazos para importar e exportar em até 40%. Destaque também para o Portal SEM Barreira, que facilita ao ao exportador informar a entrada de produtos nacionais em mercados estrangeiros. 

Os resultados positivos vieram em 2017 e 2018. As exportações alcançaram o valor total de US$ 230 bilhões, o maior dos últimos cinco anos. As exportações superaram o valor de US$ 170 bilhões. O comércio representa 25% do Produto Interno Bruto nacional. São números expressivos, principalmente diante da instabilidade interna e dos riscos externos.

A tendência tende a aperfeiçoar. Em discurso para o Fórum Econômico Mundial, o presidente empossado em 2019 destaca o livre comércio como parte importante da estratégia para a recuperação do país. Importadores e exportadores podem esperar importância crescente em suas atividades, com redução de burocracia, de custos e de barreiras tarifárias.

Mesmo nesse cenário favorável, importar e exportar ainda dependerão de gestão qualificada. Os obstáculos ao comércio no Brasil estão sendo reduzidos, mas ainda são consideráveis. As operações permanecem sujeitas a riscos de atrasos, de multas e de perdas. Planejamento logístico, tributário e documental ainda são indispensáveis ao sucesso.

Para essa gestão, conte com a WM TRADING. Oferecemos serviços avançados em comércio exterior. Temos recursos para importar nas melhores condições possíveis: profissionais tributários, parcerias estratégicas, escritórios nos principais pontos logísticos do país. Sua empresa conta com apoio para desfrutar o melhor desse novo Brasil.

WM TRADING, qualidade e excelência em comércio exterior.

Matérias Relacionadas

Ops! Ainda não existe item cadastrado