Comércio reage e dá sinais de otimismo, indica FGV

Após quase um semestre de desafios, o comércio brasileiro recupera parte expressiva do otimismo anterior à quarentena. O Índice de Confiança do Comércio (Icom), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), revela em agosto o quarto aumento consecutivo mensal, avançando 10,5 pontos e recuperando acima de 90% da confiança perdida durante as fases mais agudas da pandemia.
 
A melhora da confiança no comércio surge tanto em relação ao presente quanto ao futuro. O Índice de Situação Atual avançou 13,6 pontos, alcançando o patamar de 102 pontos. É o maior patamar desde agosto de 2013, quando estava em 105,2 pontos. Enquanto isso, o Índice de Expectativas subiu 6,8 pontos, alcançando o total de 91,3 pontos.
 
A alta ocorreu nos seis principais segmentos pesquisados: veículos, motos e peças; material para construção; hiper e supermercados; tecidos, vestuários e calçados; e eletrodomésticos. Com isso, o Índice Geral, reconquista 92% da confiança perdida desde o início da pandemia. Além disso, embora de forma heterogênea, o Índice de Situação Atual recupera no total 130% dessa confiança.
 
Essa recuperação traz ótimas oportunidades para importadores. Ele indica que comerciantes planejam vender mais porque consumidores desejam comprar mais. Importadores podem esperar maior movimentação no comércio, acompanhada pela flexibilização das medidas preventivas contra a pandemia. Isso gera mais demanda e consumo, estimulando a busca por artigos importados.
 
Aproveite desse cenário com a WM Trading, uma empresa especializada em soluções para importação. Agregamos planejamento sofisticado às partes mais estratégicas de suas operações: aquisição, logística, financiamento, nacionalização. Combinamos expertise, estratégia e network avançados, oferecendo recursos de qualidade para buscar os melhores resultados em suas encomendas.
 
WM Trading, qualidade e excelência em comércio exterior.
 

Matérias Relacionadas

Ops! Ainda não existe item cadastrado