Mercosul-União Europeia (2/5): Alcance o melhor do mercado de vinhos importando com uma trading

Após vinte anos de negociação, o acordo Mercosul-União Europeia foi assinado, prometendo excelentes oportunidades para importadores brasileiros. Continuando a série sobre o tema, a WM comenta a vantagem de importar vinhos europeus.

A Europa é tradicional em produção de vinhos. Os três maiores produtores mundiais estão no continente: França, Itália e Espanha. Seu produto combina qualidade, novidade e acessibilidade, com opções para todos os gostos e preferências.

A produção europeia de vinhos combina o melhor do clássico e da novidade. A tradição de países como França, Itália, Espanha e Portugal se alia a surpresas como Eslovênia, Croácia e Hungria, compondo um rico panorama de texturas e sabores.

Com toda essa especialização, a Europa é uma opção inteligente para adquirir vinhos. Importadores brasileiros podem se beneficiar da capacidade e variedade da produção europeia, aproveitando um mercado nacional cada vez mais interessante.

Com o acordo Mercosul-União Europeia, a importação de vinhos europeus é ainda mais promissora. O acordo prevê queda gradual de impostos sobre esses vinhos ao longo de oito anos, reduzindo a alíquota dos atuais 27% para zero. Para o consumidor brasileiro, o preço tende a cair com o tempo entre 10% e 30%. 

Para desfrutar dessas vantagens, o importador sempre se beneficia de gestão profissional. Com essa gestão, é possível reduzir riscos, custos e desafios, alcançando o melhor do mercado e da produtividade europeia em vinhos.

Essa gestão profissional é a especialidade da WM, uma empresa com alta experiência em importações. Aplicamos planejamento em todas as etapas da importação: documentação, logística, tributação. Sua empresa alcança o melhor dos vinhos europeus, com a qualidade e a segurança de anos no setor.

WM Trading, qualidade e excelência em comércio exterior.

(Com informações do Huffpost Brasil e do El País)

Matérias Relacionadas

Ops! Ainda não existe item cadastrado